Mídia e Opinião

Márcio Garcia.

Dívida Externa, Reservas e Intervenções Cambiais

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 17/12/2019

Márcio Garcia.

Juro baixo

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 19/11/2019

Márcio Garcia.

Independência ou Interdependência?

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 11/10/2019

Márcio Garcia.

Volta da CPMF, um tiro no pé

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 13/09/2019

Márcio Garcia.

Cenário Externo Piora, Interno Melhora

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 09/08/2019

Márcio Garcia, Marcelo Moura Jardim Teixeira Sena.

Regulação bancária e compulsórios

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 12/07/2019

Márcio Garcia.

Enquanto a Previdência não vem

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 14/06/2019

Márcio Garcia.

Novas estratégias para a Política Monetária

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 10/05/2019

Márcio Garcia.

Não Repetir Erros Velhos!

Ver PDF

Publicado em: 12/04/2019

Márcio Garcia.

2022, Design Fiction

O Globo e O Estado de S. Paulo

Ver PDF

Publicado em: 08/03/2019

Márcio Garcia.

Sobressaltos, Serenidade e Perseverança

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 08/02/2019

Márcio Garcia.

Riscos Externo e Interno

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 25/01/2019

Márcio Garcia.

Riscos Externo e Interno

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 25/01/2019

Márcio Garcia.

Reservas Cambiais

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 30/11/2018

Márcio Garcia.

Euforia em cenário sombrio

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 19/10/2018

Márcio Garcia.

Eleição, juros e câmbio

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 21/09/2018

Márcio Garcia.

Câmbio, Juros e Metas para Inflação

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 11/05/2018

Márcio Garcia.

Cassandrismos

O Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 13/04/2018

Márcio Garcia.

Economia Mundial em Recuperação

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 30/01/2018

Márcio Garcia.

Falta crise?

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 30/10/2017

Márcio Garcia.

Aprovar a TLP é fundamental

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 24/08/2017

Marcio Magalhães Janot, Márcio Garcia.

Foreign currency debt and fixed exchange rate regimes: the importance of implicit guarantees against currency devaluations

Banco Central do Brasil - Working papers

Publicado em: 10/08/2017

Márcio Garcia.

Quem tem medo da TLP?

O Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 26/07/2017

Márcio Garcia.

Paradas bruscas e freadas de arrumação

O Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 09/06/2017

Márcio Garcia.

BNDES, subsídios e TLP

O Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 24/05/2017

Márcio Garcia.

Reservas Cambiais

O Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 26/04/2017

Márcio Garcia.

Boa notícia

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 12/02/2016

Márcio Garcia.

'Teto para taxa de câmbio não pode ser um objetivo para o BC'

Entrevista no Valor Econômico

Publicado em: 30/09/2015

Márcio Garcia.

De Volta ao Eterno País do Futuro

Valor Economico

Ver PDF

Publicado em: 14/09/2015

Márcio Garcia.

Brazil’s dire economy slides toward “junk” status

FT.com

Ver PDF

Publicado em: 14/08/2015

Márcio Garcia.

Confluência de duas graves crises

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 24/07/2015

Márcio Garcia.

Controles de capital

Valor Econômico

Publicado em: 23/04/2015

Márcio Garcia.

O que fazer com os swaps cambiais do BC?

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 25/03/2015

Márcio Garcia.

Controles desvalorizaram real mas exigiram medidas amplas diz estudo , por Sergio Lamucci, de Washington

Valor Economico

Os controles de capitais usados pelo Brasil nos últimos anos foram eficazes para desvalorizar o câmbio, mas a experiência do país sugere que, para funcionar, eles precisam ser amplos e podem exigir várias rodadas de sintonia fina. Essas são algumas das principais conclusões de um estudo feito por Márcio Garcia, da PUC-Rio, e Marcos Chamon, do Fundo Monetário Internacional (FMI,0), analisando o recente histórico brasileiro nesse campo.

Do fim de 2009 até o começo de 2012, o Brasil utilizou 13 medidas para controlar o fluxo de entrada de recursos estrangeiros. Hoje, apenas duas continuam em vigor. "As medidas adotadas entre o fim de 2009 e meados de 2011 não se traduziram em mudanças significativas na taxa de câmbio, sugerindo sucesso limitado em mitigar a apreciação do real", dizem Garcia e Chamon. Entre elas, está a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nos fluxos para ações e renda fixa.

No entanto, o câmbio se depreciou com força depois da taxação, em julho de 2011, de operações com derivativos. As últimas medidas apontam uma desvalorização de 10% ou mais se as mudanças forem tratadas como permanentes. Segundo eles, é um efeito muito maior do que normalmente se encontra nos estudos sobre controle de capitais. Para Garcia, é difícil imaginar que as últimas medidas teriam sido tão efetivas se fossem tomadas isoladamente. Ele vê um efeito complementar em relação às primeiras, fechando brechas que permaneciam abertas.

Em entrevista ao Valor, o professor da PUC-Rio observou que o comportamento do câmbio também pode ter sido influenciado pelo ciclo de queda da Selic. No fim de agosto de 2011, o Banco Central (BC) cortou inesperadamente a taxa de 12,5% para 12% ao ano, invertendo o rumo dos juros, que estavam em trajetória de alta. A Selic foi reduzida até atingir 7,25% em outubro de 2012. Com juros menores, o país se torna menos atraente para o capital externo.

Garcia diz que os controles de capitais parecem ter trazido alguns benefícios do ponto de vista prudencial, ao ajudar a moderar o crescimento de empréstimos e financiamentos, por exemplo. No entanto, ao mesmo tempo em que essas medidas de controle de capitais eram adotadas, os bancos públicos continuavam a emprestar com força, diz Garcia. Isso mostra falta de coerência entre as políticas, segundo ele.

Outro benefício é que os fluxos externos para a dívida brasileira passaram a buscar instrumentos com vencimentos mais longos, embora seja difícil avaliar se isso se manteria numa crise, de acordo com o estudo. As medidas no Brasil foram usadas num cenário de grandes entradas de capitais nos mercados emergentes, no período que se seguiu à crise de 2008, caracterizado por juros muito baixos nos países desenvolvidos.

Garcia nota ainda que a política fiscal permaneceu expansionista durante quase todo o tempo em que os controles foram adotados, assim como a política parafiscal - uma referência aos empréstimos subsidiados por parte dos bancos públicos. "Os controles agiram como um substituto para essas políticas, enquanto deveriam ter sido um complemento temporário."

Vale a pena utilizá-los? "Eu só usaria se tivesse certeza de que as outras políticas estivessem corretas e precisasse dos controles de capitais por um período pequeno, algo como meses", diz Garcia. "Normalmente você advogaria os controles se todas as outras políticas estivessem ajudando a promover mais competitividade." A condução nada austera das contas públicas, com exceção de uma parte de 2011, e o expansionismo do crédito por parte dos bancos públicos jogam na direção oposta. 

O estudo observa ainda que, dada a baixa poupança doméstica, restringir o acesso ao financiamento estrangeiro pode ter contribuído para o baixo investimento e o desempenho do crescimento no período. Garcia diz que seria melhor investir com poupança interna, mas a questão é que o país não poupa o suficiente, sendo necessário contar com a externa. No segundo trimestre deste ano, o país poupou o equivalente a apenas 14,1% do Produto Interno Bruto (PIB). Para comparar, em 2013 a taxa de poupança do Chile foi de 24% do PIB; a da Índia, de 26% do PIB, e, a da Coreia do Sul, de 34% do PIB. Garcia apresentou o trabalho na sexta-feira, em Washington, num seminário no FMI.

Publicado em: 17/11/2014

Márcio Garcia.

BNDES: Quo Vadis?

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 24/10/2014

Márcio Garcia.

Entrevista sobre Independência do Banco Central

Globo News Economia com Miriam Leitão

Publicado em: 26/09/2014

Márcio Garcia.

Autonomia do Banco Central

Valor Econômico

Publicado em: 26/09/2014

Márcio Garcia.

Intervenções Cambiais do BC: O que fazer?

Valor Econômico

Publicado em: 22/08/2014

Márcio Garcia.

Intervenções Cambiais do BC

O Estado de São Paulo

Publicado em: 25/07/2014

Márcio Garcia.

O BNDES e o investimento agregado

Valor Econômico

Publicado em: 27/06/2014

Tony Volpon, Márcio Garcia.

Estratégia de sucesso dos swaps cambiais

Valor Econômico

Publicado em: 30/05/2014

Márcio Garcia.

Guest post: Time to wean Brazilian companies off the BNDES

Financial Times

Ver PDF

Publicado em: 28/05/2014

Márcio Garcia.

O Difícil Desmame da Bolsa-Empresário

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 23/05/2014

Márcio Garcia.

Se a inflação andar, juro terá de subir

Valor Econômico

A resposta que o Banco Central poderá dar a uma eventual rodada de desvalorização cambial deve ser venda de dólares, e não um choque de juros.
Essa é a opinião do professor da PUC do Rio de Janeiro e pesquisador visitante da Sloan School-MIT e do Centro Nacional de Pesquisa Econômica (NBER, na sigla em inglês) Márcio Garcia.

Ver PDF

Publicado em: 10/02/2014

Márcio Garcia.

A Dívida Bruta e a Postura Fiscal

Valor Econômico

Publicado em: 10/10/2013

Márcio Garcia.

Deve o BC Lançar Mão de Suas Reservas?

Valor Econômico

Publicado em: 13/09/2013

Márcio Garcia.

Por Maior Transparência Fiscal

Valor Econômico

Publicado em: 09/08/2013

Márcio Garcia.

Novas Perspectivas e Velhos Riscos

Valor Econômico

Publicado em: 03/07/2013

Márcio Garcia.

O Brasil não se preparou para o fim do tsunami cambial

Valor Econômico

Publicado em: 20/06/2013

Márcio Garcia.

Brasil, pais do passado?

Valor Econômico

Publicado em: 24/05/2013

Márcio Garcia.

Tesouro e BC se dividem na venda do risco República

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 03/05/2013

Márcio Garcia.

Está na Hora de Aumentar a Selic

Valor Econômico

Publicado em: 12/04/2013

Márcio Garcia.

Imprevidência, Ideologia e Má Economia

Valor Econômico

Publicado em: 08/03/2013

Márcio Garcia.

Os Controles de Ingresso de Capitais Funcionaram?

Valor Econômico

Publicado em: 08/02/2013

Márcio Garcia.

Crescimento Medíocre com Inflação

Valor Econômico

Publicado em: 16/11/2012

Márcio Garcia.

Afrouxamento quantitativo tupiniquim?

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 19/10/2012

Márcio Garcia.

Brazil’s expansionary sterilisation (Guest post)

Financial Times

Ver PDF

Publicado em: 11/09/2012

Márcio Garcia.

O Imediatismo dos Pacotes

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 25/05/2012

Márcio Garcia.

O Real Forte

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 02/05/2012

Márcio Garcia.

Guerra Cambial e Custo Brasil

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 09/03/2012

Márcio Garcia.

Riscos da política monetária

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 03/02/2012

Márcio Garcia.

Aposta arriscada em momento difícil

Ciência Hoje

Ver PDF

Publicado em: 01/02/2012

Márcio Garcia.

Brazil must look to the future

Blog Beyond Brics do Financial Times

Publicado em: 06/12/2011

Márcio Garcia.

O Brasil e a Longa Crise

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 24/11/2011

Márcio Garcia.

O Brasil frente ao recrudescimento da crise internacional

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 16/09/2011

Márcio Garcia.

Estudo sobre a a crise de 2008 ressalta experiência brasileira

Anbima, Notícias

Publicado em: 17/08/2011

Márcio Garcia.

Abrir espaço para a queda dos juros

Valor Econômico

Ver PDF

Publicado em: 12/08/2011

Login - Área do Aluno

Login ou senha invalido!

Busque aqui