Perguntas frequentes

Isso ocorre quando o usuário não tem autorização de administrador para alterar ou substituir arquivos pré-existentes na máquina, situação comum em um ambiente de rede com computadores compartilhados por diversos usuários. Ao fazer a instalação de algum pacote do Data Zoom, o Stata precisa atualizar o arquivo next.trk. Quando o usuário não é o administrador, a permissão para atualizá-lo é negada. Uma solução para o problema é pedir ao administrador da rede para instalar os pacotes do Data Zoom nos computadores. Outra solução é fazer uma instalação "personalizada", utilizando uma pasta pessoal do usuário, em que ele tenha permissão para substituir arquivos. Para isso, primeiramente, digite na janela de comando do Stata o caminho da pasta:

net set ado "F:\DataZoom"

Depois, adicione o novo diretório ao Stata search path:

adopath + "F:\DataZoom"

Finalmente, repita o comando net from e faça a instalação do pacote desejado. Sempre que o Stata é reiniciado, para utilizar o Data Zoom, será necessário indicar ao Stata o diretório utilizado para instalar os programas. Para isso, adicione o diretório ao Stata search path:

adopath + "F:\DataZoom"

Isso ocorre por um dos motivos a seguir. Primeiramente, pode ser que o caminho do diretório inserido para indicar onde estão localizados os dados originais possui "espaços". Por exemplo, em C:/meus documentos/pnad, há um espaço entre as palavras "meus" e "documentos", fato que gera um erro no programa. A solução é inserir um caminho em que não haja espaços.

O segundo motivo tem relação com os arquivos de dados originais: eles podem não estar na pasta indicada ou podem não possuir os nomes esperados pelo programa. O primeiro caso costuma ocorrer quando há uma divergência entre o ano escolhido (se for o caso) e os arquivos de dados originais. Por exemplo, no pacote Censo, esse erro de execução ocorre se o usuário escolher o ano 2000 e indicar a pasta onde se encontram os dados de 2010. O mesmo erro ocorre especificamente no Censo para os estados que possuem mais de um arquivo original, como é o caso de SP em 2010. Os dois arquivos precisam estar localizados na mesma pasta.

No segundo caso, o nome do arquivo original que o usuário possui é diferente do nome utilizado para construir os programas. Por exemplo, para o censo 2000, o arquivo de pessoas para o Acre é nomeado pes12.txt. Caso o nome da base que o usuário possua seja diferente, haverá erro na execução. Consulte o help do pacote em questão para obter a lista dos nomes dos arquivos originais esperados pelo programa.

Os programas referentes ao Censo 1980 foram construídos com base em microdados originais cujos nomes têm a seguinte estrutura: AMO80.UFAC.txt, onde AC é sigla para o estado, no caso, o Acre. É possível que o usuário possua outros microdados originais, com nomes e dicionário diferentes daqueles utilizados pelo Data Zoom. Confira se o seu dicionário é o mesmo disponibilizado na seção Arquivos de apoio na página do Censo Demográfico no site do Data Zoom. Caso não seja, o programa é incompatível com a estrutura dos seus dados e não irá funcionar adequadamente. Entre em contato com Data Zoom se for esse o caso.